Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Notícias
Ampesc elege diretoria para biênio 2021/2023; Esucri faz parte do Conselho da Presidência

As Instituições de Ensino Superior (IES) associadas à Associação de Mantenedoras Particulares de Educação Superior de Santa Catarina (Ampesc) elegeram nessa terça-feira, dia 29, de forma virtual, sua nova Diretoria Executiva para o biênio 2021/2023. Continuam à frente da instituição o professor Cesar Augusto Lunkes, dirigente da Horus Faculdades, de Pinhalzinho, que foi reeleito presidente, e o professor Hermínio Kloch, reitor da Uniasselvi, de Indaial, conduzido ao cargo de vice-presidente. 

 

O diretor das Faculdades Esucri, professor Everaldo José Tiscoski, faz parte da chapa reeleita, ocupando uma das três cadeiras do Conselho da Presidência. Esta é a terceira vez consecutiva que a instituição faz parte do conselho da associação. Além de Tiscoski, o Sul de Santa Catarina também é representado na chapa vencedora pelo professor Carlos Antônio Ferreira, diretor da UniSatc de Criciúma.

 

Segundo Tiscoski, a Ampesc possui dois principais desafios pela frente. “Este também é um ano de pandemia, então o primeiro desafio é concentrar esforços para superá-la. Isso é feito quando damos garantia de um ensino de qualidade para que os alunos deem andamento no aprendizado sem atrasos na formação, na conclusão do curso. O segundo ponto é instituir, dar apoio às IES no processo regulatório frente ao Ministério da Educação (MEC). Queremos que os encontros online com resultados positivos continuem”, comentou.

 

O diretor da Esucri ressalta, ainda, a necessidade do apoio às instituições de ensino com relação ao Plano de Contingência (Plancon) da Vigilância Epidemiológica do Estado. “Precisamos dar apoio às instituições dentro de todos os cuidados estabelecidos pelo (Plancon), visando a segurança do aluno e de sua família, além da comunidade, dos professores e dos colaboradores”, complementou.

 

O presidente Cesar Lunkes ressalta que a entidade, através de suas associadas, representa mais de 200 mil estudantes catarinenses, ou seja, mais de 60% do alunado do ensino superior pagante de Santa Catarina. “É justamente em prol desses alunos que buscamos novas alternativas para aumentar a oferta de bolsas de estudo, ou uma melhor redistribuição dos recursos de maneira mais igualitária do Artigo 170 da Constituição Estadual”, enfatiza.

 

Com sede em Florianópolis, a Ampesc congrega mais de 80 instituições de ensino particulares localizadas em todo o Estado. O grupo assume a direção no próximo dia 2 de agosto e se mantém pelos próximos dois anos.

 

Chapa vencedora

 

A chapa formada pelos professores Cesar e Hermínio foi a única a se candidatar.

 

O Professor Cesar Augusto Lunkes, dirigente da Horus Faculdades, de Pinhalzinho, foi reeleito Presidente e o Professor Hermínio Kloch, Reitor da Uniasselvi, de Indaial, foi conduzido ao cargo de Vice-presidente.

 

Os conselhos da Presidência e Fiscal também foram renovados. O Conselho da Presidência passa a ser formado pelos professores Everaldo José Tiscoski (Esucri – Criciúma), Gonter Bartel (São Luiz – Brusque), Mohamad Hussein Abou Wadi (Uniavan – Balneário Camboriú), Ernando Fagundes (Fatenp – Palhoça) e Carlos Antônio Ferreira (UniSatc – Criciúma).

 

O Conselho Fiscal passa a ser composto pelos professores Leandro Sorgatto (UCEFF – Chapecó e Itapiranga), Maurício Pereira Gomes (Cesusc – Florianópolis) e Sandro Albino Albano (Censupeg – Joinville).

 

Texto: Natasha Monteiro, sob supervisão de Amanda Ludwig/Traquejo Comunicação

Foto: Divulgação/Ampesc