Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Notícias
Egressos da Esucri comemoram o Dia Mundial da Enfermagem

Profissionais ganharam destaque pela luta contra a Covid-19

 

Nesta terça-feira, dia 12, é comemorado o Dia Mundial Enfermagem e do Enfermeiro. Diferente de anos anteriores, o trabalho desses profissionais têm ainda mais destaque por conta da luta diária na linha de frente contra o coronavirus.

 

Formado pela Esucri em 2011, Aécio Carboni trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cardiológica do Hospital São José de Criciúma. "No início dos casos auxiliei no cuidado dos pacientes com suspeita do vírus e em que o resultado dos exames deram negativo. Nós tomamos todos os cuidados necessários para esta patologia que é o coronavirus", comentou.

 

Profissionais do mundo todo estão recebendo diversas homenagens e apoio daqueles que reconhecem o trabalho realizado: o de salvar vidas. Em março, os moradores de Criciúma já bateram palmas como gesto de agradecimento. "Tenho muito orgulho de ser enfermeiro, é gratificante quando o nosso paciente se recupera e nos agradece", disse Carboni.

 

A enfermeira Karen Regina da Silva é outro exemplo de quem cumpre com excelência o seu papel. Com 21 anos na profissão, a egressa da Esucri já trabalhou em ambulâncias e agora está no Centro de Triagem do Coronavirus, no bairro Boa Vista. "O trabalho não é fácil, as roupas especiais dão um pouco de trabalho, mas são kits de proteção muito importantes. Apesar das dificuldades Deus é tão maravilhoso que dá forças para a gente continuar. Sou muito grata por esse dom especial de tratar as pessoas com humildade, ética e zelo", explicou.

 

"A enfermagem é a arte de cuidar do ser humano com carinho, atenção e amor. Sou muito realizada na profissão que escolhi", concluiu Silva.

 


"O profissional e a equipe de enfermagem estão presentes em todos os níveis de atenção a saúde. Ela está 24 horas por dia, 7 dias por semana durante os 365 dias do ano ao lado dos pacientes. Neste momento de Covid-19 não é diferente, a enfermagem assume um papel de extrema importância que engloba a prevenção, a assistência, o monitoramento e controle de novos casos", frisou a coordenadora do curso de Enfermagem da Esucri, Marilene Luchtemberg.

 

Texto: Natasha Monteiro, sob supervisão de Amanda Ludwig/Traquejo Comunicação

Fotos: Divulgação