Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Notícias
Enem 2021: veja o que muda na aplicação da prova neste ano

Inscrições começaram nessa quarta-feira, dia 30, pelo site no Inep

 

O Exame Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) continua sendo o principal meio de ingresso no ensino superior por conta de sua pontuação, que pode ser utilizada para concorrer a bolsas de estudo como ProUni e Fies. Somente na edição passada da prova, que ocorreu neste ano por conta da pandemia, foram 5,8 milhões de inscritos. 

 

As inscrições para o Enem 2021 iniciaram nessa quarta-feira (30) e terminam no dia 14 de julho.Os interessados devem acessar a página do participante no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e fazer o cadastro.

 

Segundo o Segundo o coordenador do setor de apoio acadêmico da Esucri, Lucas Cardoso, a principal novidade é que as versões impressa e digital serão aplicadas nos mesmos dias: 21 e 28 de novembro. “Diferente da anterior, os conteúdos serão iguais. Essa foi uma forma encontrada pelo Inep de ganhar tempo na elaboração dos cadernos de questões, que atrasou por conta da publicação do edital feita em maio”, comentou. 

 

Cardoso ainda explica que a versão digital terá recursos de acessibilidade para a realização do exame. “Os participantes que solicitarem poderão fazer a prova ampliada, super ampliada ou com contraste. O edital ainda prevê o uso de um tradutor-intérprete de Libras, tempo adicional e salas acessíveis”, ressaltou.

 

Descontos Esucri Enem

 

Os estudantes que fizeram o Exame entre 2009 e 2020, já ganham 10% de desconto durante toda a graduação em um dos 13 cursos oferecidos pela Esucri. Já aqueles que atingiram nota maior que 450 podem ter descontos de até 40% na mensalidade. Quanto maior a pontuação, mais fácil de entrar na graduação com bolsas do ProUni ou Fies. Neste último você pode parcelar todo o curso.

 

Texto e foto: Natasha Monteiro, sob supervisão de Amanda Ludwig/Traquejo Comunicação