Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Notícias
Profissionais da Esucri/Uniasselvi celebram o Dia do Pedagogo

Professoras da instituição reforçam a importância da função e comentam suas trajetórias na área educacional

 

Mais do que uma profissão, ser pedagogo é uma escolha de vida que exige dedicação. Nesta quarta-feira, dia 20, é celebrado o dia deste que tem como princípio o trabalho coletivo, a ética profissional e o compromisso com o processo de ensino aprendizagem, envolvendo todas as áreas de conhecimento. A Esucri/Uniasselvi oferece o curso de Pedagogia há 15 anos para formar profissionais que se empenham em acompanhar a evolução e o crescimento humano, seguindo o papel de orientar, formar e abrir caminhos para todos os futuros profissionais independente da área em que atuam. 

 


Com mais de 20 anos de experiência como professora, a diretora de uma das escolas municipais de Criciúma, Jaqueline Colombi buscou na Esucri/Uniasselvi uma forma de se aprimorar. “Com uma trajetória voltada à educação infantil e ensino fundamental I vi a necessidade de fazer uma graduação em Pedagogia na Esucri/Uniasselvi. Por conta do meu trabalho, em 2017 foi convidada para assumir a tutoria do curso. Creio que todos os professores precisam dos conhecimentos deste curso, pois o pedagogo deve ter uma visão ampla de todo processo educativo”, explicou.

 


Neste momento em que o mundo enfrenta uma pandemia, os profissionais estão tendo que se adequar ainda mais às ferramentas tecnológicas para tirar dúvidas, feitas nos encontros presenciais conforme o curso escolhido. “Estamos prezando pela qualidade de ensino promovendo momentos de estudo, onde todos se envolvam com os trabalhos realizados. O pedagogo está se destacando neste período atípico, sendo um articulador: ouvindo, interagindo, dialogando com todos. Os encontros não são mais os mesmos, mas nos esforçamos para levar aos alunos uma aula sempre produtiva”, frisa Colombi.

 


Outra profissional que se dedica à pedagogia é a professora tutora e egressa da instituição, Maiara Martins. Ela ressalta a importância da Esucri/Uniasselvi na sua caminhada. “Há 12 anos fiz a melhor escolha de todas, aquela da qual nunca duvidei e nem quis voltar atrás: ser pedagoga. A instituição e seus profissionais caminharam comigo em minha formação e em todas as conquistas. Hoje posso fazer parte da mesma realização na vida de outras pessoas, o que para mim sem dúvidas é o maior presente”, comenta Martins.

 


“Agora abrimos mão de ser apenas professores nos reinventando para continuar ao lado de nossos alunos ensinando e aprendendo, sendo guias, exemplos e suporte para eles e também para suas famílias”, complementou a professora.

 


Sua primeira opção era jornalismo, mas a professora Maria do Carmo Medeiros encontrou no magistério um amor pela profissão, que mudou sua vida. “Comecei a trabalhar e a ter um ótimo relacionamento com as pessoas. Amei de tal forma a pedagogia que já estou há 14 anos na formação de professores, muito feliz e realizada”, disse Medeiros.

 

Texto: Natasha Monteiro, sob supervisão de Amanda Ludwig/Traquejo Comunicação

Foto: Divulgação